Notícias e Fotos
News and Photos
Lançamento do Livro
O Romance da Raposa
19-12-2009 • FNAC Colombo

20 de Setembro de 2009

Romance da Raposa
Artur Correia (argumento e desenho)
a partir da obra de Aquilino Ribeiro
Bertrand Editora (Portugal, Setembro de 2009)

166 x 245 mm, 220 p., cor, capa cartonada http://3.bp.blogspot.com/_QHU2U5R9b2Q/SreUq_2OAKI/AAAAAAAAAao/iizXr5BvyVM/s1600-h/RR_p180_edited.jpg

Na moda (de novo…) nos mercados francófonos e norte-americano, a adaptação em banda desenhada de obras literárias, quase sempre clássicas, vai tendo também alguma expressão entre nós. Um dos (bons) exemplos recentes é este “Romance da Raposa” em que Artur Correia transpõe para a 9ª arte o romance homónimo de Aquilino Ribeiro, depois de já o ter usado como base para uma (celebrada) série de desenhos animados de 13 episódios, nos anos 80. http://2.bp.blogspot.com/_QHU2U5R9b2Q/SreQ6BQ0GHI/AAAAAAAAAaY/COQm7FP3wL4/s1600-h/RR_p20.bmp
Transpõe ou adapta, sim, o que pressupõe a introdução de diversas mudanças e alterações ou não surja a obra agora num meio narrativo com características próprias, completamente diferente da literatura, o que implica que o labor do argumentista/desenhador vá bem mais além do que o de simples ilustrador, que é o que vem referido na capa deste (belo) livro (enquanto obra e enquanto objecto) – pois é esse o formato escolhido pela editora, que até beneficia o traço de Correia.
Mantendo o espírito da obra, um conto para crianças protagonizado pela raposa Salta-Pocinhas, astuta e sagaz, que ao longo de toda a existência consegue enganar homens e bichos, sempre com o propósito de encher a barriga, Artur Correia, um dos poucos cultores de banda desenhada infanto-juvenil e humorística em Portugal, com a mestria que se lhe reconhece, transformou-a numa sequência gráfica narrativa desenvolta, ritmada pela planificação e pelos diálogos, concisos e do tamanho ajustado, a que se pode apontar apenas a opção (sempre discutível) de manter alguns termos e construções frásicas, hoje em desuso...
http://1.bp.blogspot.com/_QHU2U5R9b2Q/SreSMKZ_o7I/AAAAAAAAAag/ypPLqM5Kca8/s1600-h/RR_p62.bmpA isso, acrescente-se um traço expressivo, ágil, dinâmico – onde se notam influências do percurso paralelo do autor no cinema de animação – e, acima de tudo agradável e atractivo, recheado de pormenores divertidos, que contribui para fazer desta uma obra de leitura agradável e muito aconselhável, para miúdos… e graúdos!
http://2.bp.blogspot.com/_QHU2U5R9b2Q/SreQALfI2EI/AAAAAAAAAaQ/QllflBq272A/s1600-h/RR_p180.bmp
- O ritmo, a vivacidade, o humor, a legibilidade...
http://2.bp.blogspot.com/_QHU2U5R9b2Q/SreQALfI2EI/AAAAAAAAAaQ/QllflBq272A/s1600-h/RR_p180.bmpMenos conseguido

- Numa edição cuidada e com óptimo aspecto, é de lamentar a omissão da biografia e da bibliografia do autor.
Curiosidade
- A primeira versão (incompleta) em banda desenhada do “Romance da Raposa” iniciada por Artur Correia, tinha como base os desenhos utilizados no desenho animado.
- Apesar de se intitular “Romance da Raposa”, na net é possível encontrar fotos de uma capa em que se lê “O Romance da Raposa”, inclusivé no site da editora.

(Versão revista do texto publicado no suplemento In’ da revista NS, distribuída aos sábados com o Jornal de Notícias e o Diário de Notícias)

Publicada por Pedro Cleto
Entrevista para revista Catalã (click na revista)
Cinanima 2008
Tee Bosustow from UPA animation studios
Cervais Tiago
com Sr António Gaio e Mª Belmira Correia
Jordi
clik para ampliar
Prémio do MELHOR ALBUM de BANDA DESENHADA PORTUGUESA
2007
lançamento do livro
Nabos na Cozinha

no El Cortingles

leia aqui

A. Garcês, A. Correia e C. Tiago um trio de talento
clique na imagem para ver a noticia
            
                 tal pai tal filho
Cinanima, reservou um espaço para mostrar a obra de Artur Correia,
o homenageado deste ano com o Prémio António Maria.

Ao longo do festival, que encerrou a 15 de Novembro, houve ainda
o lançamento de livros sobre "Cartoons, 110 anos de animación",
de Giannalberto Bendazzi.

Artur Correia
na altura de entrega do prémio
Artur Correia e Giannalberto Bendazzi
SUPER-HERÓIS da História de Portugal:
Melhor Álbum Português de 2005
pelo festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora.
Super-Heróis da História de Portugal II
Depois de "Super-Heróis da História de Portugal I", o Melhor Álbum BD do XVI Festival Internacional da Amadora 2005, os autores continuam a sua viagem através dos episódios mais divertidos da nossa História. Nesta nova série de biografias são contados os feitos de alguns heróis num tom lúdico mas didáctico, com o objectivo de aproximar o leitor dessas figuras sem aqueles excessos de erudição que obrigatoriamente surgem nos livros de História tradicionais.
Fotos no lançamento do livro na Bertrand do Picoas Plaza
  
voltar a "animação"